gameofarcade.com seo statistics
Topo
pesquisar
Em 08/05/2014 17h35, atualizado em 08/05/2014 17h36

Nanotecnologia

Guia de Profissões

A Nanotecnologia se diferencia das outras engenharias graças a multidisciplinaridade proposta pela grade curricular. Por Rafael Batista
O centro das pesquisas da Nanociência está na manipulação de partículas minúsculas.
O centro das pesquisas da Nanociência está na manipulação de partículas minúsculas.
PUBLICIDADE

O termo Nanotecnologia é utilizado para definir a ciência que estuda a manipulação de elementos numa escala atômica e molecular. As pesquisas dessa tecnologia estão centradas, prioritariamente, nas propriedades das matérias em tamanho nanométrico (partículas minúsculas). O objetivo fundamental da nanociência é a criação de novos produtos e processos valendo-se da capacidade de manipular átomos e moléculas. 

O curso de Graduação em Nanotecnologia (ou Engenharia em Nanotecnologia) começou a ser oferecido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 2010 e, no ano seguinte, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). O objetivo é formar profissionais com ênfase em uma das três áreas de estudo dentro da nanotecnologia: Física, Materiais e Bionanotecnologia. Ao longo do curso os acadêmicos recebem uma formação sólida nas áreas de Física, Matemática, Química e Biologia.

A grade curricular da graduação propõe um ciclo básico, que é comum a todas as engenharias, onde o aluno terá acesso a uma ampla formação científica. Além dessa etapa básica, é proposto um ciclo profissional que está equilibrado em quatro vertentes elementares: física, química, elétrica e de materiais. 

Uma das características principais do currículo do curso é a multidisciplinaridade que faz com que o Engenheiro em Nanotecnologia tenha uma base de conhecimento maior do que as engenharias tradicionais. O conhecimento acumulado durante a graduação concederá o alicerce para que o estudante possa, se for o caso, ingressar em um curso de pós-graduação em uma das três grandes áreas de pesquisa da Nanociência e Nanotecnologia. 

Onde atua um Engenheiro em Nanotecnologia

Uma das grandes oportunidades profissionais que a graduação oferece é o empreendedorismo. A maioria das empresas de nanotecnologia no mundo nasceu como spin-offs em universidades e laboratórios de pesquisa, surgidas a partir da patente de produtos inovadores. Além disso, o profissional formado nessa área pode atuar nas indústrias de semicondutores, metalúrgica, de materiais, química, farmacêutica, biotecnológica, de cosméticos, e muitas outras. 

O Engenheiro em Nanotecnologia ainda é uma novidade no mercado de trabalho que visa aplicar o conhecimento técnico e científico para aprimorar materiais, estruturas, máquinas, instrumentos, sistemas e processos com propriedades e funcionalidades diferenciadas, geralmente não encontradas nos materiais naturais. 

Futuro

No Brasil, seguindo a tendência mundial, há um número crescente de empresas atuando com interesse em nanotecnologia. Na prática será possível, por exemplo, otimizar a eficácia dos remédios no organismo humano, levando-os diretamente aonde são necessários, com isto seria possível otimizar tratamentos como o do câncer, atacando apenas as células defeituosas.

Apesar dos inúmeros benefícios que o desenvolvimento desta ciência pode trazer, há grandes discussões sobre a toxicidade e o impacto ambiental causado pelo uso dos nanomateriais e os potenciais efeitos disso na economia global. No entanto, independente das adversidades, a nanotecnologia é constantemente estimulada por novas exigências que vão aparecendo e aumentando a importância dessa área.

Salário: de R$ 4.000 a R$ 10.000
Duração: 4 anos

Onde tem o curso: 

Região Sudeste
Rio de Janeiro: PUC-Rio e UFRJ

Região Sul
Rio Grande do Sul: UFRGS

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola