Topo
pesquisar
Em 03/12/2007 12h45, atualizado em 10/08/2016 11h21

Engenharia Industrial

Guia de Profissões

Por Camila Mitye
PUBLICIDADE

O setor da indústria tem uma relevante importância para a economia brasileira. Por isso mesmo, uma fábrica ou indústria necessita que todas as “peças” de sua “engrenagem” funcionem bem, pois uma falha em alguma parte do processo pode provocar prejuízos incalculáveis.

Atividades

O engenheiro industrial é o profissional responsável pela manutenção de praticamente todos os processos de produção de uma fábrica, desde a chegada da matéria-prima até a verificação da qualidade do produto final. Além disso, ele realiza outras funções em uma indústria, como:
- Acompanhamento da infra-estrutura industrial;
- Manutenção dos recursos necessários para a produção;
- Levantamento de custos e sua aplicação correta, utilização de equipamentos e aproveitamento da matéria-prima;
- Gerenciamento do trabalho de outros engenheiros dentro da fábrica (como o engenheiro de produção) e dos demais funcionários;
- Supervisão do processo de produção;
- Projeto e supervisão da construção de fábricas e indústrias.

Habilitações

Ainda quando vai se inscrever no vestibular, o estudante deve escolher entre uma das habilitações da engenharia industrial, são elas: mecânica, elétrica, eletrônica, química, madeireira ou telecomunicações. Cada habilitação atua em um ramo específico, por exemplo, o engenheiro industrial mecânico realiza estudos, projetos e desenhos de máquinas e processos mecânicos, podendo trabalhar na área automobilística, metalúrgica, têxtil, eletrônica e siderúrgica. Já o engenheiro industrial elétrico trabalha com circuitos elétricos, eletrônica analógica e digital, controle, automação e supervisão de processos industriais.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho do engenheiro industrial é amplo, sendo alguns dos principais setores o petroquímico (devido à importância do petróleo na atualidade), o sucroalcooleiro (açúcar e álcool) ou o de telecomunicações e energia, entre outros.

A remuneração desse profissional varia, conforme o setor de atuação e a região do Brasil, mas tem média de R$ 5,5 mil.

O Curso

Durante os 5 anos de curso, todas as habilitações dividem algumas disciplinas básicas do conhecimento de engenharia (ciências exatas como matemática, física, química e cálculo) e outras ligadas à atividade gerencial como psicologia do trabalho, economia e administração. O curso tem pelo menos metade de sua carga horária de aulas laboratoriais.

Instituições de Ensino

Algumas das principais universidades que oferecem o curso de engenharia industrial (em suas diversas habilitações):

Região Sudeste
Espírito Santo: Ufes (Alegre).
Rio de Janeiro: Cefet-RJ (Rio de Janeiro), PUC-Rio.
São Paulo: Unesp (Itapeva), USP (Lorena).

Região Nordeste
Bahia:  UFBA, Cefet-BA (Salvador).

Região Norte
Amazonas: UEA.
Pará: UFPA

Região Sul
Paraná: UTFPR (Pato Branco), UFPR (Curitiba).
Rio Grande do Sul: UFPel (Capão do Leão), Feevale (Novo Hamburgo).

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola