Topo
pesquisar
Em 04/09/2008 13h48, atualizado em 31/10/2017 13h28

Ciências Econômicas: curso, mercado de trabalho e salário

Guia de Profissões

Mercado de trabalho para o profissional de economia é amplo no Brasil Por Silvia Tancredi
O profissional de Economia traça cenários e estimativas financeiras
O profissional de Economia traça cenários e estimativas financeiras
PUBLICIDADE

O curso de Ciências Econômicas prepara o aluno para trabalhar em diversos locais, entre os quais bancos, instituições financeiras, escritórios e, ainda, na área financeira de empresas variadas.

Ciências Econômicas é considerado um curso interdisciplinar, uma vez que tem pitadas da área de exatas e da área de humanas. Sendo assim, o economista precisa entender de números, mas também do comportamento humano, para conseguir realizar atividades como consultorias e análises financeiras.

Outra atribuição do profissional é a de analisar e prever cenários econômicos não só nacionais como mundiais. Por isso, é importante que ele tenha conhecimento da História e que esteja a par dos acontecimentos da atualidade, para, assim, poder traçar projeções e fazer estimativas econômicas.

É interessante que o estudante de Economia seja focado, estrategista, organizado e responsável. Ele também deve gostar de cálculos e, em especial, de entendê-los. Essas características também fazem diferença na vida profissional. 

Curso de Economia

A carreira de Ciências Econômicas é oferecida na modalidade bacharelado e é ministrada em quatro ou cinco anos, conforme a instituição de ensino. Insper, USP, FGV e UFMG são algumas de destaque na área. 

Nos primeiros anos do curso, os estudantes costumam ter aulas de disciplinas mais gerais e teóricas, como:

    • História da economia;
    • Econometria (matemática e estatística);
    • Pensamento econômico;
    • Fundamentos da microeconomia e macroeconomia;
    • Ciências sociais;
    • Contabilidade social.

Nos anos seguintes, os futuros economistas veem matérias de economia do setor público: 

    • Economia monetária;
    • Finanças das empresas;
    • Economia e complexidade;
    • Economia política e contemporânea;
    • Demografia econômica;
    • Economia do trabalho. 

Também é necessário fazer trabalho de conclusão de curso e passar por estágio obrigatório.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o economista costuma ser bem amplo. Ele pode atuar tanto na iniciativa privada, como em empresas, organizações e escritórios, quanto na pública, quando é aprovado em concursos que ofertam cargos na área. 

O profissional da área de Ciências Econômicas pode atuar ainda em instituições financeiras, bancos, institutos de pesquisas econômicas, consultorias, comércio exterior e Organizações Não Governamentais (ONGs). 

O economista costuma fazer, ainda, projeções e análises da economia não só nacional como mundial. Quem se interessa pela carreira acadêmica pode terminar a graduação e, em seguida, fazer especialização, mestrado ou doutorado nas áreas de finanças e economia, economia da saúde, direito e economia, economia internacional, entre outras.

Segundo a agência de empregos Catho, a média salarial do economista é de R$ 3.200.

Instituições de ensino

Região Centro-Oeste
Distrito Federal: UNB, Uniplan.
Goiás: UEG, Alfa, UCG, UFG, Unianhanguera.
Mato Grosso: UFMT, UNEMAT.
Mato Grosso do Sul: UFMS, UEMS.

Região Nordeste
Alagoas: UFAL, UNEAL.
Bahia: UFBA, Uesb, UESC, UCSal, UEFS.
Ceará: Unifor, URCA, UFC.
Maranhão: UFMA.
Paraíba: UFPB, UFCG.
Pernambuco: UFPE, UFRPE.
Piauí: UFPI.
Rio Grande do Norte: UFRN, UERN.
Sergipe: UFS.

Região Norte
Amazonas: Uninorte, UFAM, UEA.
Acre: UFAC.
Amapá: Ceap.
Pará: UFPA; Unama.
Rondônia: UNIR.
Roraima: UFRR.
Tocantins: UFT.

Região Sudeste
Espírito Santo: UFES.
Minas Gerais: PUC-Minas, Unimontes, UFSJ, UFJF, UFV, UFMG, UFU, UFVJM, Unimontes, Unifal.
Rio de Janeiro: UFF, UCP, Moraes Junior, UERJ, UFRJ, PUC-Rio, UFRRJ, Unirio, Ibmec, FGV, UVA.
São Paulo: Unesp, Imesb, Unaerp, UFSCar, USP, PUC-Campinas, Unicamp, PUC-SP, Mackenzie, UFABC.

Região Sul
Paraná: UFPR, PUC-PR, UEPG, UEL, UEM, Uniuv, Unila, Unicentro.
Rio Grande do Sul: Ulbra, UFP, UFSM, Unisinos, FURG, PUC-RS, UFRGS, Unipampa.
Santa Catarina: Furb, UFSC, UDESC, UnoChapecó.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola