Topo
pesquisar
Em 30/07/2015 14h27, atualizado em 12/05/2016 17h25

Pesquisa mostra a importância de rankings universitários para os estudantes internacionais

Estudar no Exterior

Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

Amplamente conhecidos e usados como fonte de informação sobre excelência acadêmica no mundo todo, os rankings universitários também são importantes para os estudantes, que, dentre vários fatores, os correlacionam com empregabilidade. É o que indica a nova pesquisa feita pela QS, produtora do World University Rankings. O estudo descobriu que a maioria dos estudantes considera importante a posição de uma instituição em rankings globais, mas não acreditam que ela necessariamente reflita qualidade.

No entanto, de acordo com o site Pie News, 62% dos 519 participantes da pesquisa disseram que acreditam ser importante que instituição seja reconhecida internacionalmente.

Com base neste feedback, a QS concluiu que um ranking criado por estudantes daria ênfase à reputação da instituição segundo empregadores e também à taxa de empregabilidades dos graduados (33%). Em seguida, viriam os fatores qualidade de ensino e experiência estudantil, cada um com um peso de 20%, seguidos por pesquisa (15) e custo (8%).

Todos os participantes da pesquisa participaram das feiras de educação internacional da QS em Londres, Paris, Milão, Roma e Moscou. A QS também realizou a pesquisa com outros grupos formados por 71 estudantes de 19 países. Nestes grupos, os participantes explicaram que a motivação principal para pesquisar instituições em rankings mundiais era garantir que a universidade escolhida fosse reconhecida em qualquer lugar que eles resolvessem procurar por um emprego. 

Alguns estudantes acreditam que os rankings devem servir como uma forma de seleção entre candidatos que possuírem as mesmas habilidades e experiências. Outros acham importante ter o nome de uma instituição internacionalmente reconhecida no currículo. Depois de perspectivas profissionais, os estudantes disseram que as “conexões globais” eram o principal benefício de estudar em uma universidade com reputação mundial.

O estudo da QS também explorou a forma com que os participantes usam os rankings universitários. Na maioria das vezes, os estudantes os utilizam para fazer uma lista de opções e afunilar a pesquisa no início do processo de decisão por onde estudar. Os universitários também disseram que consultariam os rankings para verificar a reputação de uma universidade específica, se não a conhecessem antes, e também para comparar entre instituições. No entanto, a maioria dos estudantes acredita que os rankings só teriam impacto na escolha se as instituições tivessem posições muito diferentes.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola