Topo
pesquisar
Em 16/11/2012 16h07

Open Doors divulga número recorde de estudantes internacionais nos EUA

Estudar no Exterior

Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

O relatório realizado anualmente desde 1954 pelo Institute of International Education (IIE) foi publicado em novembro de 2012 com as informações referentes ao ano acadêmico de 2011/12. É o Open Doors, pesquisa que traz informações sobre estudantes internacionais que vão estudar nos Estados Unidos, e também sobre a situação reversa, estudantes americanos no exterior. Este ano, o número de estrangeiros conquistando um diploma na terra do Tio Sam bateu recorde de 764.495 alunos – o que representa um aumento de 6,5% e uma contribuição de U$22,7 bilhões com a economia do país.

Origem dos estudantes

O grande aumento do número de estudantes internacionais nos Estados Unidos pode ter sido impulsionado pelo aumento da vinda de chineses. O número atingido pela China este ano foi de 194.029 (25% do total de estudantes estrangeiros nos EUA). Mas o maior aumento foi o de estudantes vindos da Arábia Saudita: 50% - fazendo com que o país aparecesse em quarto na lista. Em segundo e terceiro lugar, aparecem, respectivamente, Índia e Coréia do Sul. O Brasil conquistou a 14º posição, tendo enviado 9.029 estudantes brasileiros à América.

Estados e universidades americanas

Os estudantes estrangeiros procuram como destino de estudo nos Estados Unidos diferentes localizações e universidades. Os dez estados que mais receberam estrangeiros em 2011/12 foram Califórnia, Nova York, Texas, Massachusetts, Illinois, Pensilvânia, Flórida, Ohio, Michigan e Indiana.

Já as universidades americanas que mais acolheram estudantes internacionais foram University of Southern California, University of Illinois, New York University, Purdue University – Mais Campus, Colombia University, University of California – Los Angeles, Northeastern University, University of Michigan – Ann Arbor, Michigan State University e Ohio State University – Main Campus.

Nível acadêmico e área de estudo

No ano acadêmico de 2011/12, os cursos de non-degree (profissionalizantes, técnicos e de idiomas) marcaram o maior aumento na procura: 17,4%. Ainda assim, continua a ser o menos procurado; a ordem foi a seguinte: 309.342 estudantes em graduações nos Estados Unidos, 300.430 em pós-graduações, e 69.566 non-degree.

A área de estudo mais procurada foi a de Business e Gestão (Business/Management), com a porcentagem de 21,8; seguida por 18,5% de Engenharia; 9,3% de Matemática e Ciências da Computação; 8,7% de Ciências Sociais; 8,6% de Ciências Físicas e Biológicas; 5,5% de Belas Artes e Artes Aplicadas; e 5,1% de Inglês Intensivo. Isso demonstra que as áreas de STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics) continuam em alta entre os estudantes internacionais.

Estudantes americanos nos exterior

Na situação contrária, o número de estudantes americanos que foram estudar no exterior no ano acadêmico de 2011/12 também aumentou, mas relativamente pouco: 1,7% apenas. No entanto, a marca de 273.996 norte-americanos conquistando um diploma em outro país atingida significa que o número triplicou em duas décadas. Os principais destinos de estudo no exterior foram Reino Unido, Itália, Espanha, França, China, Austrália, Alemanha, Costa Rica, Irlanda e Argentina. O Brasil está em 15ª posição, tendo recebido 3.485 estudantes em nossas universidades.

Acesse o site do Open Doors 2012 para conhecer a pesquisa completa. Quer fazer parte das estatísticas do próximo Open Doors 2012 indo estudar no exterior? Encontre já o seu curso nos Estados Unidos pelo Hotcourses Brasil.

Por Brenda Bellani

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola