Topo
pesquisar
Em 17/06/2016 09h11, atualizado em 28/06/2016 16h29

O processo seletivo na Itália

Estudar no Exterior

Processo seletivo para estudar na Itália varia de acordo com a instituição e o nível de estudo que você quer cursar. Por Hotcourses Brasil
Inscrição é um pouco mais exigente para candidatos não-europeus
Inscrição é um pouco mais exigente para candidatos não-europeus
PUBLICIDADE

O processo seletivo para estudar na Itália varia de acordo com a instituição e o nível de estudo que você quer cursar – curso de idioma, graduação ou pós-graduação. A inscrição é um pouco mais exigente para candidatos não-europeus.

Na Itália, o processo é dividido em três ciclos: o primeiro refere-se aos cursos de graduação; o segundo ciclo, aos mestrados e outras pós-graduações de dois anos de duração; e o terceiro, aos doutorados e diplomas de pesquisa científica.

Primeiro ciclo

Se você pretende se inscrever em um curso de graduação integral em uma instituição italiana de ensino superior, você deve seguir os passos abaixo:

  1. Encontre um curso de graduação na Itália de seu interesse;
  2. Entre em contato com a instituição que oferece o curso escolhido por você e verifique quais são os requisitos de admissão para estudantes internacionais. É essencial saber se você é elegível antes de dar início à sua inscrição;
  3. Após verificar a sua elegibilidade, você deverá enviar um pedido de pré-inscrição ao consulado italiano mais próximo de você;
  4. Após o recebimento de todos os documentos necessários (listados abaixo), o consulado irá enviar a sua inscrição à instituição de ensino superior italiana de seu interesse.

A Itália tem consulados em Manaus (AM), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Vitória (ES), Goiânia (GO), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Belo Horizonte (MG), Belém (PA), Curitiba (PR), Londrina (PR), Paranaguá (PR), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Caxias do Sul (RS), Porto Alegre (RS), Rio Grande (RS), Florianópolis (SC), Campinas, Jundiaí, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Paulo e Sorocaba (SP).

A sua pré-inscrição deve conter os seguintes documentos:

  • Formulário preenchido para o recebimento da sua Dichiarazione di Valoro in Loco (DV), um certificado de elegibilidade acadêmica para comprovar os seus estudos prévios concluídos antes de se inscrever para estudar na Itália;
  • Formulário de pré-inscrição modela A (preinscrizione modello A) ou então o formulário de pré-inscrição para estudos em instituições de artes, design, música e dança (AFAM modelo A-bis);
  • Cópia do certificado de conclusão do ensino médio e o certificado de resultados em qualquer prova de admissão universitária que você tenha prestado no Brasil – estes documentos devem ser traduzidos oficialmente para o italiano e legalmente autenticados;
  • Duas fotografias do tamanho da do passaporte com a sua assinatura.

Segundo e terceiro ciclos

Se você está interessado em se inscrever em um curso de pós-graduação na Itália, deverá seguir os mesmos passos listados acima. No entanto, precisará apresentar um certificado universitário relevante – por exemplo, um bacharelado para poder se inscrever em um mestrado. O formulário de pré-inscrição também deve ser o adequado ao curso acadêmico que você pretende cursar na Itália para receber a sua Dichiarazione di Valoro in Loco (DV).

Prazos de inscrição

No geral, as inscrições em universidades na Itália seguem os seguintes prazos:

  • Metade de abril à metade de março: durante este período, os estudantes devem entrar em contato com o consulado da Itália no Brasil para receber a Dichiarazione di Valoro in Loco e se pré-inscrever no curso italiano de interesse;
  • Agosto: os estudantes recebem uma notificação sobre a admissão ou reprovação no curso na Itália e também são informados sobre a data de realização do teste de proficiência na língua italiana ou de qualquer outra prova adicional;
  • Setembro: realização do teste de proficiência e provas adicionais, se necessário.

Requisitos de proficiência no italiano ou inglês

De acordo com a legislação do país, os estudantes devem ter um conhecimento adequado da língua italiana para a admissão em uma universidade na Itália. No geral, é necessário ter um nível mínimo correspondente a B2 na classificação Europass Language Passport. Se o seu nível de proficiência for C1 ou C2 de acordo com a mesma classificação, você não precisará prestar o exame de italiano.

As instituições de ensino superior na Itáia têm mais de 450 cursos acadêmicos ministrados na língua inglesa. Se o seu curso na Itália for um destes lecionados em inglês, você deverá comprovar proficiência no idioma apresentando resultados em uma prova ou em cursos de inglês.

Exames adicionais

Algumas áreas de estudo mais concorridas na Itália, como saúde e medicina, medicina veterinária, educação e arquitetura exigem exames de admissão adicionais. Entre em contato com a sua universidade italiana para saber se este é o caso do seu curso.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola