Topo
pesquisar
Em 15/03/2012 13h52, atualizado em 18/04/2012 17h41

Mito ou verdade? Esclarecemos 5 fatos sobre estudar no exterior

Estudar no Exterior

Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

Por mais que a experiência de estudar no exterior soe empolgante e promissora, ela também causa uma dose de medos e ansiedade. Isto é comum! Para muitos, o mero fato de estar longe de casa já é suficiente para sentirem-se inseguros, enquanto para outros, isto possa significar a oportunidade de conhecer novos lugares e estudantes de diferentes nacionalidades. Tudo depende de como você encara o desafio de ir para outro país. Para isso, é importante ter consciência dos pontos positivos e negativos desta experiência. E é por este motivo que listamos cinco mitos sobre estudar no exterior, para que você não se iluda ou se iniba sobre fatos que podem ou não ser verdade. (Mas lembre-se: cada caso é um caso!)

Vamos à lista:

1.  Estudar no exterior é como férias

Mito. Desculpem-nos por colocar os seus pés no chão, mas mudar-se para outro país para estudar não é tirar férias. Para obter um diploma ou conquistar melhores oportunidades de carreira, você deve estar preparado para muitas aulas interessantes e programas rigorosos de estudo. Você terá finais de semana e feriados (e, dependendo de quanto tempo durar o seu programa de estudos, terá também férias letivas) para sair e viajar. É claro que você terá a liberdade de escolher o curso que quiser e frequentar as disciplinas que lhe interessar, mas mesmo assim terá que trabalhar bastante, dedicar-se às aulas, estudar para as provas... Tudo que um curso exige, não importa em que país você esteja. Não espere que suas aulas e testes sejam fáceis, ou que cobrarão menos de você por ser um estudante estrangeiro. Será uma experiência desafiadora que exigirá o seu melhor, e isto deve ser uma das razões principais por optar em estudar em outro país.

2. Talvez você não queira mais voltar para casa

Verdade. Há muitos estudantes que completam o curso, conseguem um emprego e acabam ficando no país de estudo. Todas as promessas que você fez a sua família de voltar no minuto em que acabar seus estudos são deixadas de lado. Aceite este fato! A verdade é que as chances de você se apaixonar pelo país é muito grande. E se você conseguir uma boa oportunidade, por que não aproveitá-la? Portanto, você deve estar aberto em tornar o país estrangeiro a sua nova casa, caso as coisas derem certo por lá.

3. Você será muito bem recebido pelos moradores locais

Esta depende bastante. As pessoas são diferentes, assim como a cultura de cada país. Existem aqueles que irão recepcioná-lo e ajudá-lo a sentir-se em casa, e aqueles que não serão tão simpáticos. Tente entender que é um choque cultural tanto para você quanto para eles, por isso é preciso dar um tempo para a adaptação. Não leve a rejeição para o pessoal, nem todo mundo é animado e extrovertido como o povo brasileiro. Assim que a barreira é quebrada, sua vida no estrangeiro será mais fácil e você conquistará muitos amigos de diferentes partes do globo.

4. Você vai querer desistir e voltar para casa

Também pode variar muito. Depende da pessoa e das suas razões de homesick (termo inglês usado para “saudades de casa”). É possível, sim, que todos passem por um momento em que a vontade seja largar tudo e voltar para casa.  Se estiver com dificuldade em lidar com as exigências do seu curso ou em acostumar-se com a nova cultura, você deve tirar um tempo para fazer uma introspecção e colocar em uma balança a sua situação para decidir os próximos passos. Tenha em mente que ter falhado em um teste ou se o seu colega de quarto não é muito amigável não significa que tudo continuará dando errado. É uma situação difícil estar em um país diferente e enfrentar todos os desafios do curso. Mas lembre-se que você está lá para estudar e conseguir novas oportunidades, uma chance que nem todo mundo tem coragem de encarar. Muitas universidades estrangeiras possuem um centro de aconselhamento para estudantes internacionais, cheque se você pode se beneficiar deste serviço. Saia, conheça novas pessoas, explore sua cidade, espaireça, converse com alguém aqui do Brasil que sempre consegue lhe animar... E logo você se sentirá melhor e pronto para continuar.

5. A culinária é maravilhosa

Mito. As chances de estranhar a culinária local é bastante possível, principalmente se você está acostumado com o arroz e feijão. Obviamente ela é bastante diferente em cada país e nem sempre os refeitórios das universidades terão comidas do seu gosto. Mas as opções são variadas. Se você estiver nos Estados Unidos, por exemplo, normalmente encontrará pão, massas, sopas, carnes, e saladas - mas os temperos são bem diferentes dos nossos (ou a falta deles). Você irá se acostumar com a culinária local ou aprenderá a adicionar os seus temperos especiais para deixá-la do seu gosto. Dê-se um tempo de adaptação e não deixe de experimentar novos pratos.

Tendo tudo isso dito, você tem agora uma ideia mais clara do que lhe espera além das fronteiras. Encontre já o seu curso no exterior no Hotcourses Brasil e tire o maior proveito desta oportunidade tão única!

Por Brenda Bellani

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola