Topo
pesquisar
Em 09/02/2017 10h38, atualizado em 09/02/2017 10h42

Dicas sobre os 5 passos gerais para estudar nos Estados Unidos

Estudar no Exterior

O primeiro passo é pesquisar entre as opções de faculdades e universidades disponíveis. Confira os demais! Por Hotcourses Brasil
Todo brasileiro que quer estudar nos EUA precisa obrigatoriamente de um visto de estudante
Todo brasileiro que quer estudar nos EUA precisa obrigatoriamente de um visto de estudante
PUBLICIDADE

Basicamente, o caminho até uma universidade dos Estados Unidos precisa de cinco grandes passos gerais. Todos eles têm requisitos e especificidades diferentes, portanto, sempre será necessário checar as informações diretamente com as instituições. Mas há sempre aquelas dicas amigas que podem facilitar o seu processo de inscrição – e a sua vida.

Passo 1: Pesquise as suas opções

O primeiro passo para estudar nos Estados Unidos é pesquisar entre as opções de faculdades e universidades disponíveis. Isto deve ocorrer com 12 a 18 meses de antecedência da data que você gostaria de começar o seu curso americano.

Um erro bastante comum é tentar se encaixar nos requisitos de instituições que não têm nada a ver com você ou com o seu perfil. São milhares de opções, com certeza, haverá uma mais adequada para você. Por isso, o caminho inverso seria mais apropriado: achar uma instituição que se encaixe no seu perfil, suas prioridades, objetivos acadêmicos e planos profissionais.

Pense bem: talvez você queira estudar em Harvard. Com certeza, é uma opção bastante ousada e cheia de motivações. No entanto, de 39.041 inscritos, a universidade selecionou apenas 2.106, uma média de 5,4%. Portanto, se você tiver certeza de que tem todos os requisitos necessários para concorrer a uma vaga, não hesite em se inscrever! Mas se por acaso as suas médias no ensino médio não foram as melhores em todas as disciplinas ou a sua proficiência no inglês ainda não está avançada, você poderá encontrar outras universidades excelentes que ficarão muito contentes tendo-o em seu corpo estudantil.

Segundo o site da Education USA, o ideal seria, primeiramente, responder as seguintes perguntas para definir as suas prioridades:

  • Por que você quer estudar nos Estados Unidos?
  • Onde você melhor se adaptará?
  • Quais faculdades e universidades atenderão às suas necessidades?
  • Você precisará de assistência financeira?
  • Quais são os prazos finais para a inscrição e para a assistência financeira?
  • Onde você gostaria de morar nos Estados Unidos?

Com as respostas, você saberá identificar o seu perfil e já poderá afunilar as suas opções.

Passo 2: Organize o seu orçamento

O principal a se ter em mente é que o investimento deve trazer altos retornos. Você precisará fazer um planejamento financeiro minucioso e estudar com cuidado o seu orçamento disponível, não só para pagar pelos estudos como também pelo custo de vida por toda a sua estadia. Outra coisa a se considerar são os serviços de carreira e de planejamento profissional oferecidos pela universidade e também a porcentagem de ex-alunos empregados logo após a graduação, que podem ser um bom indicativo do retorno ao seu investimento.

A escolha da sua universidade nos EUA dependerá do seu orçamento: 

  • Por qual curso você será capaz de pagar? 
  • Por quantos meses ou anos? 
  • A cidade tem um custo de vida acessível? 

A localização é muito importante; ela influenciará no preço da acomodação, alimentação, transporte, lazer, etc. E se você precisar de uma ajuda financeira, lembre-se que as universidades costumam ter os mesmos prazos de inscrição para os cursos e para as bolsas de estudo.

Nós demos algumas dicas boas sobre bolsas de estudo aqui e aqui.

Passo 3: Inscreva-se

Mais uma vez: planejamento é tudo! É essencial saber quais são os documentos obrigatórios para a sua universidade, curso, área de estudo e país de origem. Tudo isso leva tempo e você dependerá de outras pessoas e instituições, por isso deve ser feito o quanto antes possível. Por exemplo: alguém terá que escrever a sua carta de referência e a sua escola deverá providenciar o seu histórico escolar... E se eles atrasarem o seu processo e você perder o prazo da inscrição? Nunca é cedo demais para evitar esse tipo de problema.

O processo seletivo nos EUA é longo e detalhado, envolvendo várias etapas com datas diferentes. Você precisa saber de várias coisas:

  • As datas disponíveis para prestar o TOEFL ou o IELTS;
  • As datas disponíveis para prestar o SAT e o ACT;
  • Quantas cartas de referência providenciar;
  • Se a universidade exige uma entrevista por telefone ou Skype;
  • Se os documentos deverão ser traduzidos para o inglês por um tradutor juramentado;
  • Quais os temas permitidos para o seu personal statement;
  • Qual é a forma exigida pela Universidade para o recebimento de todos os seus documentos – email, correio ou upload eletrônico?

Estas são só alguns detalhes!

Passo 4: Solicite o seu visto de estudante

Todo brasileiro que quer estudar nos EUA precisa obrigatoriamente de um visto de estudante. E para isso, primeiro ele tem de ser admitido em uma instituição norte-americana para receber os documentos necessários que devem ser apresentados no consulado na hora da entrevista e que comprovam a admissão do estudante.

Uma dica importante para a entrevista é levar sempre todos mesmos os documentos usados para a sua inscrição, desde o seu histórico escolar e cartas de referência até a oferta de vaga recebida pela universidade. Se por acaso o entrevistador pedir por um deles, estarão à mão. Como as entrevistas são curtas, tenha algumas respostas importantes preparadas. É comum que queiram saber: 

  • Os seus motivos para estudar nos Estados Unidos; 
  • Como você se manterá financeiramente durante a sua estadia (tenha com você extratos bancários, carta de oferta de bolsa de estudo ou outro documento que comprove a sua situação financeira); 
  • Quais são os seus planos para quando retornar ao Brasil.

Saiba mais sobre o visto de estudante para os Estados Unidos aqui.

Passo 5: Prepare-se para a viagem

O passo final e mais emocionante é preparar-se para a sua partida! Isto inclui: 

  • Comprar as suas passagens aéreas; 
  • Participar de qualquer orientação oferecida pela universidade, normalmente de forma virtual; 
  • Reunir todos os documentos necessários (aqueles mesmos que você usou para a entrevista do visto, além de passaporte, entre outros adicionais); 
  • Fazer a sua matrícula na universidade; 
  • Encontrar a sua acomodação nos EUA
  • Pesquisar sobre a cidade em que você morará;
  • Tirar uma carteira de motorista internacional, se necessário;
  • Avisar o seu banco brasileiro que você viajará para o exterior, se pretende usar o seu cartão de crédito nos Estados Unidos;
  • Comprar dólares;
  • Informar-se sobre a abertura de uma conta bancária nos EUA e como tirar o seu Social Security Number;
  • Agendar o transporte que a sua universidade oferece no aeroporto, ou então descobrir como pegar um táxi até a sua acomodação.

Este é um passo cheio de pequenas tarefas e detalhes, mas de muita importância para que sua viagem seja tranquila e sem imprevistos.

Visite o site de sua universidade americana para ler todas as dicas adicionais fornecidas por ela. Provavelmente, você deverá adquirir um seguro de saúde e tomar as vacinas obrigatórias para viajar para os EUA.

E lembre-se: aproveite cada segundo!

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola