Topo
pesquisar
Em 22/12/2015 14h27, atualizado em 12/05/2016 16h45

Cinco razões para optar por uma cidade pequena quando for estudar fora

Estudar no Exterior

Economia e contato com moradores locais são alguns dos motivos para escolher as pequenas cidades. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

É normal que, ao considerar estudar fora, se pense primeiramente em grandes cidades como Nova York, Paris, Londres, Roma, Tóquio e Sydney. A maioria das capitais e metrópoles são ícones mundiais, recheadas de atrações e cultura, e há inúmeras razões para visitá-las. No entanto, quando o assunto é destino de estudo internacional, existem algumas razões para fugir da muvuca das capitais e optar por uma cidade menor e mais tranquila. De fato, muitas pessoas que moram fora dirão que você só vivencia a cultura e os costumes do país quando passar um tempo em uma cidadezinha predominada por moradores nativos. E não é esta uma das razões para querer morar no exterior?

Portanto, se você planeja estudar um mês, um semestre, um ano ou um curso acadêmico completo no exterior, o site Master Studies tem cinco boas razões para você considerar uma cidade pequena para os seus estudos.

1. Você gastará menos
Não adianta negar: estudar fora não sai baratinho. Mesmo se você conseguir algum tipo de bolsa de estudo ou conseguir ser admitido em um programa de intercâmbio entre universidades, ainda terá gastos com a viagem, custo de vida, alimentação e lazer. Pode ser tentador escolher uma cidade grande graças aos seus infinitos atrativos, mas, na realidade, é mais complicado encontrar uma acomodação estudantil nela. Em uma cidade pequena, as chances de encontrar um lugar para morar mais barato, atraente e em uma localização central são maiores, o que significa que você terá mais tempo e dinheiro para aproveitar a cidade e não precisará gastar tanto com transporte público. 

Uma cidade pequena pode ajudá-lo a economizar de algumas formas:

  • As cidades menores com aeroporto sempre possuem voos mais baratos para outras localizações do país (ou do continente, se for na Europa).
  • As cidades pequenas muitas vezes dependem de sua população estudantil, portanto oferecem inúmeras oportunidades, promoções e eventos para os estudantes.
  • As cidades grandes são caras – o aluguel de imóveis, uma xícara de café, um ingresso de cinema, tudo vai sair mais caro do que em uma cidadezinha.

2. Proximidade com a natureza
Às vezes, você precisa se afastar de tudo e ter contato com a natureza. Apesar de grandes cidades terem parques e espaços verdes, as cidadezinhas ficam mais próximas de zonas rurais, com bosques, praias, fazendas e montanhas. Se você ama atividades ao ar livre, esta é uma opção ideial.

3. O contato com moradores locais
Você pode achar que vai conhecer melhor o país vivendo na capital, mas na verdade, exceto pelos seus pontos turísticos famosos, as capitais costumam ser genericamente internacionais. Se você quer vivenciar inteiramente a cultura do país ou se a sua meta é aprender a língua nativa, morar fora de cidades grandes é a melhor opção. Em cidades menores, você terá mais oportunidades de interagir (e conversar) com nativos. Cidadezinhas representam melhor o estilo de vida rotineiro do país e você provavelmente terá a chance de fazer as mesmas coisas que os locais costumam fazer – visitar galerias de artes, mercados e restaurantes; provar a cozinha tradicionalmente regional; conhecer danças, músicas, festas e eventos locais; etc. 

4. Cidade pequena não é sinônimo de tédio
As grandes cidades podem oferecer variedade, mas a logística nelas dificulta tudo. Segundo o Master Studies, muitos estudantes em grandes cidades relatam que, após a animação inicial, eles acabam focando suas atividades na vizinhança e apenas exploram o resto da cidade quando os amigos ou familiares vêm visitá-los. É mais fácil se locomover por uma cidade pequena e as lojas, museus, cinemas e restaurantes ficam por perto.

5. Você ainda estará perto das cidades grandes
Morar e estudar em uma cidade pequena não quer dizer que você não vai vivenciar cidades grandes também. Normalmente, as cidadezinhas rodeiam uma metrópole e para visitá-la basta uma curta viagem de metrô, trem ou ônibus. Você pode aproveitar os seus finais de semana turistando nas cidades grandes e passar a semana traquilamente na cidadezinha onde a sua universidade está localizada. 

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola