Topo
pesquisar
Em 16/05/2013 16h30

Catered e self-catered: as opções de refeições nos dormitórios acadêmicos

Estudar no Exterior

Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

As opções de moradia mais comuns para quem vai estudar no exterior são os dormitórios acadêmicos, uma casa ou apartamento alugado, e a homestay. A primeira delas está localizada dentro do campus, em prédios residenciais. Quase sempre possuem sala de lazer, serviços de segurança, biblioteca e um funcionário responsável em dar suporte aos estudantes moradores; e o melhor e mais completo ambiente acadêmico 24 horas por dia. Os dormitórios acadêmicos já são mobiliados e você não precisa se preocupar com as contas mensais (como de água, força e internet) porque já estão inclusas no valor que você paga à universidade pela acomodação.

Parece bem prático e confortável, não é mesmo? E você ainda pode escolher diferentes tipos de dormitórios, por exemplo: individual ou compartilhado com um roommate (colega de quarto), banheiro particular ou comunitário, quartos mistos ou apenas para meninos/meninas, etc. Outra opção que as universidades costumam oferecer também são os dormitórios catered ou self-catered, e estão diretamente ligados a sua alimentação e as suas refeições durante a estadia na universidade.

Dormitórios catered

A palavra catered significa fornecido, suprido, atendido. Um dormitório catered é a opção para quem prefere que a universidade providencie pelo menos uma refeição diária completa ao entardecer (período da janta); muitas também incluem café da manhã. Estas refeições serão oferecidas nos refeitórios acadêmicos da universidade ou faculdade aos estudantes, em um intervalo de algumas horas (geralmente duas ou duas e meia por refeição) e haverá um menu com as opções disponíveis no dia. O menu tende a ser bem variado para atender a todos os gostos, já que as instituições internacionais recebem estudantes do mundo todo, acostumados com diferentes culinárias.

É uma opção mais prática, para quem não gosta ou não tem tempo de preparar a própria comida. Os estudantes apenas precisam adequar a rotina, os estudos e a vida social com os horários dos refeitórios para não perder as refeições.

Dormitórios self-catered

Já nos dormitórios self-catered, como indica a palavra self, o próprio estudante prepara suas refeições. Normalmente, de quatro a seis dormitórios dividem uma cozinha comunitária e os estudantes têm um espaço mais reservado para fazer suas refeições (refeitórios acadêmicos podem comportar mais de 100 estudantes). Esta é uma opção mais “caseira” e independente, para quem gosta de cozinhar sua própria comida e não quer depender dos horários das refeições oferecidas pela universidade; ou então porque não gosta muito da comida local.

A visita ao supermercado vai ser uma parte constante da sua rotina, para providenciar todos os alimentos que precisar. No geral, dormitórios self-catered são mais baratos que os catered já que a universidade não precisa “bancar” a sua alimentação – mas você gastará regularmente com as compras em mercados.  A maioria das cozinhas costuma ser equipada com o básico (talheres, panelas e alguns utensílios), mas nada o impede de usar próprias coisas, se preferir. A universidade exige que os estudantes de dormitórios self-catered mantenham a cozinha limpa e organizada.

Pesquise cursos no exterior pelo Hotcourses Brasil.

Por Brenda Bellani

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola