Topo
pesquisar
Em 06/07/2017 12h00, atualizado em 07/07/2017 07h57

6 dicas para manter um relacionamento a distância enquanto você estuda no exterior

Estudar no Exterior

Saiba como aproveitar a experiência sem ter a sua namorada ou o seu namorado ao seu lado Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

Se você estiver em um relacionamento, uma das decisões mais difíceis na hora de viajar para estudar no exterior vai ser ficar longe da pessoa que você ama. Como aproveitar a experiência sem ter a sua namorada ou o seu namorado ao seu lado? 

Uma opção possível é manter o relacionamento a distância até que o seu curso acabe! 

Mas antes da decisão definitiva, é aconselhável ter uma conversa muito sincera com você mesmo

-Eu serei capaz de aproveitar a oportunidade sabendo que ele/ela vai ficar? 
-Vou conseguir me concentrar nos estudos e trabalhos?
-A distância vai atrapalhar o meu desempenho?
-Nós confiamos um no outro o suficiente?
-Nosso relacionamento é forte para aguentar a distância?

O autoconhecimento é tão importante quanto saber a opinião da sua namorada/do seu namorado. Após responder estas questões pessoais, cabe ter uma conversa franca com ela/ele. Exponha os seus planos de estudar no exterior, explique porque e quanto a experiência é importante para você e peça a ajuda e compreensão dela/dele.

Se depois de tudo isso, você decidir viajar, chegou a hora de planejar como será a rotina do casal enquanto ficam longe.

ATENÇÃO: para facilitar, daremos as dicas do ponto de vista de quem parte usando o masculino. Mas são válidas para todos: se você vai ou se você fica; se tem namorado ou namorada.

1. Entender as mudanças

A primeira coisa a se fazer é entender que tudo irá mudar para quem parte e tudo continuará o mesmo para quem fica. Enquanto você passa pelo processo de adaptação ao novo ambiente, conhece novos lugares incríveis, faz novas amizades, aprende muita coisa, etc., a sua namorada continua na mesma rotina de sempre, e pior: sem você.

Por isso, é muito importante compreender os sentimentos de quem ficou para evitar brigas e ressentimentos. Coloque-se sempre no lugar da pessoa

Você também vai precisar que ela se coloque no seu lugar, porque a adaptação ao novo ambiente nem sempre é fácil. Os primeiros dias (ou até semanas) serão agitados e a saudade pode bater muito forte – e se transformar facilmente em arrependimento de ter partido.

Passar por este período inicial será uma provação e exige o esforço e a compreensão dos dois.

2. Comunicação

Passado o choque inicial, é hora de estipular uma rotina. O mais importante é a comunicação entre vocês. No entanto, diferente do que possam imaginar, manter uma comunicação muito constante pode ser prejudicial.

Graças aos novos aplicativos, como Whatsapp, Messenger e Skype, é possível trocar mensagem o tempo todo – literalmente! Apesar de ter toda essa facilidade ser incrível e deve, com certeza, ser utilizada a favor do relacionamento, estar o tempo todo em contato pode ser prejudicial. 

Logo, as mensagens não terão mais tanto conteúdo, vocês ficarão sem assunto e correm o risco de se tornarem extremamente dependentes um do outro – e até mesmo possessivos. Coisas como “cadê você?” e “por que você não me respondeu?” serão ditas. A cobrança começará a pesar.

É importante lembrar que você terá muitos compromissos e responsabilidade com os estudos, da mesma forma que a sua namorada ainda terá o trabalho e/ou os estudos com que se preocupar. Além disso, possivelmente haverá diferença de fuso-horário entre vocês.

3. Horários fixos para ligações

 O ideal é achar brechas nas suas agendas e estipular horários fixos para conversar. Por exemplo: na sua hora do almoço e à noite, quando os dois já estiverem livres. Reserve estes períodos exclusivamente para a sua namorada – nada de falar com ela enquanto faz a lição de casa ou compartilha a sala com seus amigos.

Claramente, isso não quer dizer que vocês não podem trocar mensagens ou deixar de responder a pessoa fora do horário marcado; só é essencial que vocês não se tornem dependentes dos aplicativos e da “presença virtual” um do outro o tempo inteirinho, a ponto de atrapalhar o seu desempenho nos estudos e de prejudicar a sua experiência no exterior.

4. Conversa com vídeo

Quando for a hora marcada de conversar, façam questão de utilizar apps que permitam o chat por vídeo! A conversa por escrito abre uma ampla margem para o mal-entendido e a má interpretação. O vídeo possibilita ver as reações faciais e ouvir a entonação da pessoa. (Sem contar que é uma delícia ver e ouvir a sua namorada.)

5. Mantenham uma rotina

A falta de comunicação pode ser tão prejudicial quanto o excesso. Uma vez estipulados os horários para conversar, mantenham a rotina. Conte sobre o seu dia e se mostre interessado sobre o dia dela, mesmo que não tenham feito nada de interessante.

6. Fidelidade e ciúmes

Outra coisa que deve necessariamente ser bem esclarecida é a questão da fidelidade. Em um relacionamento à distância, o ciúme pode ser o maior causador de brigas e até mesmo de términos.

Há quem consiga ter um relacionamento aberto. Se este for o caso de vocês, estipulem regras bem claras. Vocês estão permitidos a ficar com outras pessoas durante o tempo distante? O relacionamento consegue sobreviver a isso? Esclareçam este assunto antes de partir e atenham-se às suas regras.

Se o relacionamento for exclusivo, é importante confiar na pessoa. Acusações, insegurança e possessividade serão como veneno e logo causarão turbulências no relacionamento.

OUTRAS DICAS:

  • Troquem cartas! É muito romântico receber cartas e mostra que vocês dedicaram parte do seu dia para escrever à mão um para o outro. A espera pela resposta também é muito boa.
  • Leve algo dela com você: uma peça de roupa com o perfume dela, uma pelúcia, um travesseiro, etc.
  • Presenteiem-se antes de partir! Uma ideia legal é fazer um álbum de foto ou um scrapbook do relacionamento.
  • Tenha um porta-retrato com a foto dela no seu quarto.
  • Façam planos para o futuro juntos.
  • Planejem a sua volta.
  • Crie uma conta em algum serviço de compartilhamento gratuito para que você possa fazer álbuns de fotos particulares. Assim, a sua namorada acompanha sua viagem, vê também os lugares quer você estiver conhecendo e não se sente tão excluída.
  • Apresente os seus novos amigos à sua namorada por vídeo chat. Esta é outra forma de fazer com que ela se sinta incluída.
  • Para quem fica: se possível, planeje uma viagem para visitar o seu namorado!
PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola