Topo
pesquisar
Em 01/09/2016 07h21, atualizado em 01/09/2016 07h22

Como conseguir um alojamento estudantil

Especial

Boa parte das universidades públicas oferecem vagas para estudantes de outras cidades em alojamentos estudantis. Por Rafael Batista
Em geral, os alojamentos estudantis são mantidos por universidades para estudante oriundos de outras cidades.
Em geral, os alojamentos estudantis são mantidos por universidades para estudante oriundos de outras cidades.
PUBLICIDADE

O sonho de cursar uma graduação em uma grande universidade pode esbarrar na distância que existe entre a cidade em que o estudante reside e o local onde é ofertado o curso. Alguns acadêmicos precisam mudar para outro estado a fim de continuar os estudos. Com a adesão ao Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), a procura por universidades em outras regiões aumentou significativamente. 

Para facilitar a vida dos estudantes vindos de outras cidades, algumas instituições, principalmente as públicas, oferecem alojamento para os estudantes. No entanto, para conseguir uma vaga nestes abrigos não é tão fácil, pois os candidatos devem comprovar alguns requisitos.

Os interessados em concorrer a uma vaga deve procurar informações sobre o prazo e forma de inscrição na própria universidade. Em geral, a seleção acontece por meio de entrevista socioeconômica na qual o candidato deve apresentar documentos que comprovem, entre outras coisas:

- Ser de família de baixa renda;
- Estar matriculado em curso de graduação da instituição;
- Ser procedente de outras cidades;
- Impossibilidade de arcar com despesas de moradia na cidade onde o curso é oferecido;
- Origem em escolas públicas.

Algumas universidades exigem ainda que o estudante esteja cursando a primeira graduação e estabelecem uma distância mínima entre a cidade de origem e o local em que o curso é ministrado. 

Benefícios

Os estudantes selecionados para o alojamento estudantil passam a residir em uma casa com outros acadêmicos. A estrutura da casa e os benefícios oferecidos variam conforme a universidade, mas, em geral, os estudantes contam com água, energia e internet por conta da instituição, além de TV, geladeira, fogão e máquina de lavar que são para uso comum.

A quantidade de vagas também varia e a disposição dos quartos também. A Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em Minas Gerais, por exemplo, oferece 152 vagas distribuídas em 26 apartamentos mobiliados. Já a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) oferece 252 vagas em quartos comuns na Cidade Universitária, Zona Norte da capital fluminense.

No caso da UFRJ, os alunos que não conseguirem vaga no alojamento podem solicitar um auxílio-moradia, atualmente fixado em R$ 400. Esse benefício também é concedido para estudantes que forem aprovados em cursos ministrados fora da Cidade Universitária, como em Macaé ou Xerém, por exemplo.

Bolsas

Além da moradia, outros benefícios são concedidos aos estudantes que comprovarem necessidade, como ajuda financeira para custear transporte e alimentação. Na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a alimentação dos estudantes é feita pelo Restaurante Universitário, integralmente subsidiado pelo Programa de Assistência Estudantil.

Algumas universidades particulares também oferecem alojamento para estudantes de outras cidades. É o caso da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), que conta com uma casa para 60 alunos em Goiânia.

Onde se inscrever

Cada instituição dispõe de regulamento e órgão próprio que cuida da admissão dos estudantes nas residências estudantis. Geralmente, a Pró-Reitoria para Assuntos Estudantis é responsável por gerir esses alojamentos e cria comissões para selecionar os estudantes inscritos. 

Para ter mais informações, basta procurar a pró-reitoria ou divisão responsável e conhecer o edital da seleção. Em alguns casos, o estudante pode ter essas orientações e até mesmo se inscrever pela internet.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola