Topo
pesquisar
Em 17/01/2018 10h11, atualizado em 17/01/2018 10h35

Veja o que fazer com as notas do Enem 2017

Notícias

Resultado da maior prova do Brasil será divulgado amanhã para quem já concluiu o ensino médio. Por Rafael Batista
PUBLICIDADE

Amanhã, 18 de janeiro, às 11h, será divulgado o resultado da maior prova do Brasil, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As notas do Enem 2017 poderão ser usadas em várias situações, como inscrição em alguns programas de acesso ao ensino superior.

Vale lembrar que para acessar as notas do Enem é preciso ter a senha da Página do Participante. Se você esqueceu, confira como recuperar a senha do Enem.

Agora que você já sabe quando e como acessar o resultado do Enem 2017, veja 5 opções para usar as notas do exame:

1) SiSU 2018/1

No que diz respeito às instituições públicas de educação superior, o principal meio de entrada é o Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Nesta edição, que terá inscrições entre os dias 29 de janeiro e 1ª de fevereiro, o Ministério da Educação (MEC) espera preencher 239.601 vagas em 130 instituições.

Apesar de não estar com o prazo de inscrições aberto, os estudantes interessados já podem realizar a consulta por vagas. Para se candidatar é necessário ter realizado o Enem 2017, com nota acima de zero na prova de redação.

Tire suas dúvidas sobre o SiSU

2) ProUni

Outra possibilidade de uso das notas do Enem é para disputar bolsas de estudos em instituições privadas. Neste caso, os estudantes podem se inscrever no Programa Universidade Para Todos (ProUni), que oferece bolsas integrais ou parciais (50%) conforme a renda do grupo familiar.

As inscrições do ProUni 2018/1 estarão abertas entre os dias 6 e 9 de fevereiro e são facultadas aos estudantes que alcançaram nota acima de zero na prova de redação, além de comprovar ao menos um dos seguintes requisitos: ser oriundo da rede pública ou bolsista na rede privada; possuir alguma deficiência; ou ser professor da rede pública. 

Entenda como funciona o ProUni

3) FIES

O Enem também é critério de seleção para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que subsidia, com juros abaixo do praticado no mercado, cursos superiores em instituições particulares de ensino. É preciso ter média acima de 450 pontos nas provas objetivas do Enem, sem ter zerado a redação.

No final do ano passado, o Governo Federal aprovou novas regras para o Fies, criando três categorias do programa: Fundo Garantidor, Regional e Desenvolvimento. Para 2018, a expectativa é criar 310 mil novas vagas, sendo 100 mil a juros zero.

Veja mais: Perguntas e respostas sobre o Fies

4) Estudar em Portugal

Alguns estabelecimentos de ensino em Portugal aceitam o Enem como forma de ingresso. As primeiras adesões foram firmadas em 2014 e, atualmente, são 27 instituições que reconhecem o exame brasileiro.

Veja a lista de universidades portuguesas que aceitam o Enem

Neste caso, os critérios de seleção, como ano de realização do Enem, notas mínimas e pesos de cada área do conhecimento, são definidos pela própria universidade.

5) Vestibulares

Muitas universidades, públicas e privadas, aproveitam a nota do Enem como critério de seleção, seja em substituição ao vestibular ou como parte dele. As regras e a quantidade de vagas a ser ofertada são definidas pela própria instituição.

Confira as universidades que usam o Enem em vestibulares

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola