Topo
pesquisar
Em 06/02/2013 08h30, atualizado em 06/02/2013 09h29

Redações corrigidas do Enem 2012 já podem ser consultadas

Notícias

Pela primeira vez correção pode ser vista pelo candidato; recursos não são aceitos pelo MEC. Por Dayse Luan
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) disponibilizou nesta quarta-feira, 6 de fevereiro, a correção das redações da edição 2012 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado nos dias 3 e 4 de novembro do ano passado.

Veja as produções
Aprovou a correção da sua redação no Enem 2012?

"Movimento imigratório para o Brasil no século XXI", esse foi o tema da redação que ocorreu no segundo dia do exame, juntamente com 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (português, literatura e inglês ou espanhol) e 45 de Matemática e suas Tecnologias (matemática e física).

No primeiro dia os candidatos responderam as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias (geografia, história, sociologia e filosofia) e Ciências da Natureza e suas Tecnologias (biologia e química), no total de 90 questões. Veja a correção comentada.

De acordo com o Inep, 4.113.558 redações foram corrigidas, sendo que 1,82% estavam em branco e 1,76% obtiveram nota zero. O resultado do Exame, com as notas de todas as provas, foi publicado em 28 de dezembro de 2012 para os mais de 4 milhões de participantes.

Correção

As redações foram avaliadas por dois corretores, sem que um conhecesse a nota atribuída pelo outro. Em caso de discrepância superior a 200 pontos, um terceiro corretor ficou encarregado da nota. Persistindo a diferença, uma banca formada por três professores e presidida por um doutor concedeu a nota final, que varia de 0 a 1.000 pontos.

Há as seguintes possibilidades para zerar a redação: não atender a proposta solicitada ou não a escrever no modelo dissertativo-argumentativo; ficar em branco; tiver menos de sete linhas; tiver trechos com cópia da coletânea ou das questões; tiver impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação.

Edição 2012

Pela primeira vez, o Ministério da Educação (MEC) liberou essa consulta. Isso se deu em razão de nos últimos anos ter aumentado a insatisfação dos candidatos com as notas obtidas e de várias tentativas de recursos. Porém, a revisão das notas não é prevista pelo MEC, aqueles que tentam o fazem pela justiça.

Com o intuito de melhorar as correções, e também de haver menos erros e reclamações, o MEC alterou a maneira de corrigir os textos. Além disso, divulgou para a edição de 2012 do Enem um Guia do Participante, com dicas e todas as explicações necessárias. Mais detalhes pelo 0800 616161.

Por Dayse Luan

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola