Topo
pesquisar
Em 28/09/2017 15h10, atualizado em 28/09/2017 15h10

Questões mais complexas da prova de Língua Portuguesa do Enem 2016

Dicas para o Enem 2018

Selecionamos as duas questões de Língua Portuguesa do Enem 2016 consideradas as mais complexas para que você possa resolvê-las e testar seus conhecimentos. Por Luciana Kuchenbecker Araújo
A prova de Língua Portuguesa faz parte das 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.
A prova de Língua Portuguesa faz parte das 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.
PUBLICIDADE

A prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias do Enem é aplicada no primeiro dia, juntamente às provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Redação. A prova de Linguagens possui 45 questões e abrange conteúdos das disciplinas de Língua Portuguesa, Literatura, Artes, Educação Física, Tecnologias da Informação e Língua Estrangeira (inglês ou espanhol, conforme a opção escolhida pelo participante no momento da inscrição). 

Sabendo que as provas do Enem requerem dos participantes diversas competências no manejo da linguagem, selecionamos as duas questões do Enem 2016 consideradas mais complexas para que você possa tentar resolvê-las e avaliar seus conhecimentos. Preparado? Então vamos lá!

QUESTÃO 100

Análise sobre o nível de dificuldade da questão:

Essa questão é considerada com nível de dificuldade mais elevado porque requer dos participantes do Enem competências diversas no manejo da linguagem. Uma delas é o estabelecimento de relações entre dois textos (intertextualidade) de diferentes gêneros discursivos e linguagenspintura (não verbal) e romance (verbal), bem como o estabelecimento de relações entre as ideias presentes nos textos (interdiscursividade).

Além das relações entre textos e temas, para que o participante compreenda o enunciado da questão, é necessário que ele tenha conhecimento a respeito de outro gênero discursivo, o autorretrato, e também do que vem a ser “subjetividade moderna”. O participante deve  comparar a subjetividade empírica da arte moderna a outras subjetividades artísticas e não artísticas

Dessa forma, o participante tem condições de refletir criticamente a respeito das transformações pelas quais passaram as sociedades ao longo do século XX, relacionando-as às mais variadas formas de manifestações artísticas, seja na pintura, seja na literatura, na música etc. A questão aborda os dois textos para elucidar os perfis artísticos da arte moderna e, com isso, avalia se os participantes são capazes de enxergar a literatura e tantas outras formas de manifestações artísticas intrinsecamente relacionadas à história e às transformações sociais ao longo dos séculos. 

Algumas dessas transformações são positivas, como o desenvolvimento e a evolução de uma ciência que trata não apenas do corpo, mas da psiquê humana, a psicanálise, após a publicação e as traduções dos trabalhos de Freud. Outras transformações são consideradas negativas, como aquelas causadas pelas duas grandes guerras, as quais nos deixaram um legado de muita reflexão a respeito de quem somos, enquanto seres humanos racionais, e o quão construtiva e destrutiva é essa racionalidade moderna

Assim, além de conhecimentos sobre linguagem e literatura, o nível de dificuldade da questão centra-se, sobretudo, na compreensão do contexto histórico e, sobretudo, daquilo que o enunciado solicita do participante.
 
Gabarito: Letra B.

QUESTÃO 125

Análise sobre o nível de dificuldade da questão:

Essa questão é considerada com nível de dificuldade mais elevado porque corresponde a uma atividade epilinguística, ou seja, um exercício de reflexão sobre o texto a fim de explorá-lo em suas diferentes possibilidades, levando o leitor a compreender e/ou atribuir sentidos ao texto e verificar a coesão, a coerência, a adequação ortográfica e as categorias gramaticais

Esse tipo de atividade é sempre complicado em um momento de avaliação. Isso porque, para que o participante consiga ler, interpretar e compreender os sentidos produzidos, são necessários conhecimentos sobre as relações sintáticas e os processos de coordenação e de subordinação entre as orações nos períodos compostos.  

De acordo com o que solicita o enunciado da questão, o participante deve ler o trecho destacado e compreender que há entre as duas orações uma relação de condicionalidade. A dificuldade, nesse caso, é que o leitor/participante perceba que a condição para que os ratos deixem de fazer a vocalização é SE os cientistas provocarem alguma alteração.

A partícula SE está aqui destacada porque, geralmente, quando queremos explicitar uma condição, ela é utilizada; todavia, no caso do período analisado, ela não aparece. Mesmo assim é possível perceber que há entre as orações essa relação de subordinação, de causa e consequência, por meio da forma do verbo “acontecer”, que está no gerúndio.

Gabarito: Letra C.

Como você pôde observar, as questões que compõem a prova de Língua Portuguesa do Enem avaliam muito mais do que conhecimentos das regras gramaticais, mas, sim, de todos os elementos responsáveis pelos efeitos de sentido nos textos. É possível observar que, a cada certame, os participantes são avaliados com relação aos seus níveis de leitura, interpretação e produção de sentidos de textos dos mais variados diversos gêneros discursivos, como Poemas, Letra de música, Crônicas, Peças Teatrais, Resenha crítica, Entrevistas, Contos e Minicontos, Campanhas publicitárias, Fotografia, Piada, Diário, Receita, Verbete, Artigo de Opinião, Pintura e trecho de Romance.

Embora haja grande diversidade de gêneros discursivos na prova, podemos perceber que a leitura, análise e interpretação de gêneros discursivos estruturados em versos, como Poemas e Músicas, são bastante valorizadas no Enem

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola