Topo
pesquisar
Em 30/08/2016 10h57, atualizado em 30/08/2016 10h57

Não passei no SiSU, e agora?

Enem

Veja as possibilidades de acesso ao ensino superior para quem fez o Enem e não passou no SiSU. Por Jessica Gonçalves Pereira
PUBLICIDADE

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é a forma de seleção de estudantes, gerenciada pelo Ministério da Educação (MEC), na qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Apesar dos milhares de postos oferecidos em diversas universidades do país, muitos estudantes, que não possuem condições de pagar pelos estudos, ficam de fora do grupo de selecionados. Quando isso acontece surge a grande dúvida: “Não passei no SiSu, e agora como vou seguir com meus estudos?” Se você não conseguiu acesso à universidade pelo SiSU, não desista. Há vários meios de conseguir trilhar os caminhos do ensino superior com bolsas ou financiamentos estudantis. 

Prouni 

O primeiro passo pode ser o Programa Universidade para Todos (Prouni), que concede bolsas integrais ou parciais em instituições particulares a estudantes de baixa renda. A seleção se dá a partir do desempenho obtido pelo candidato no Enem. 

O Prouni surge como boa alternativa, porém ele se restringe a estudantes que fizeram o ensino médio inteiro em escolas públicas ou particulares com bolsas integrais, além disso a renda máxima do candidato deve ser de até três salários mínimos, o que excluí um número considerável de alunos. Muitos estudantes não se enquadram nestas condições, para eles a alternativa pode ser buscar um financiamento ou um crédito estudantil. 

Fies

O Programa de Financiamento Estudantil (FIES) é outra possibilidade. Ele é administrado pela Caixa Econômica Federal, que financia a graduação de estudantes de instituições de ensino particulares. Por meio deste programa, o universitário só vai pagar os custos das mensalidades após concluir a graduação, com juros de 3,4% ao ano. 

Para conseguir o financiamento, a instituição em que o candidato estuda deve estar cadastrada no programa e ter avaliação positiva no MEC. É necessário também que o estudante tenha feito o Enem. É permitido ao estudante solicitar o financiamento em qualquer período do ano. Saiba mais aqui

Sisutec 

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) também aparece como boa pedida a quem terminou o ensino médio e quer continuar os estudos. O sistema é similar ao SiSU, porém oferece vagas em cursos de educação profissional e tecnológica em instituições públicas ou privadas. Ou seja, oferta vagas gratuitas para quem quer se formar em cursos técnicos ou tecnológicos. 

Enem no Vestibular 

Muitas universidades utilizam o Enem em seus vestibulares. Cada instituição adota uma forma de seleção. Em algumas o Enem funciona como a primeira fase, como nos casos da UPE e UFPE. Em outras, a nota no exame é acrescida ao desempenho da prova do vestibular como, por exemplo, na Unicamp e UFG. 


Outras bolsas 

Grande parte dos governos estaduais e alguns municípios também oferecem bolsas para o ensino superior. É importante que os estudantes que precisam de auxílio se encaminhem às secretarias de educação e busquem informações quanto a estas oportunidades. 

Em São Paulo, por exemplo, há o programa Bolsa Universidade Escola da Família, no qual o governo oferta bolsas aos estudantes universitários, que em troca prestam serviços aos finais de semana. No Mato Grosso do Sul há o programa Vale Universidade, já o Distrito Federal oferece financiamento por meio do Bolsa Universitária. Goiás cede bolsas pela Organização das Voluntárias (OVG). No Espírito Santo há o Nossa Bolsa. Estes são só alguns exemplos de financiadores, por isso é importante que os interessados se mantenham informados.

Empresas 

Se você está no mercado de trabalho, mas quer se graduar e assim obter crescimento profissional, há a chance de conseguir um financiamento por meio da sua empresa. É que algumas companhias financiam os estudos de seus empregados visando capacitá-los. Você pode propor um financiamento, mas para isso é aconselhável que o curso tenha relação com a sua área de atuação. O funcionário também pode procurar o departamento de Recursos Humanos da empresa para verificar se há algum tipo de programa de financiamento. 

Universidades

Há universidades que oferecem bolsas próprias para estudantes de baixa renda. Para saber se a instituição tem programas de financiamento social é importante que o candidato procure o departamento de Recursos Humanos ou financeiro e conheça as exigências e critérios de seleção. 

Pravaler 

O Pravaler é um crédito universitário privado, que concede crédito ao estudante e faz com que não seja necessário pagamento total da mensalidade durante o curso. O débito poderá ser pago em até o dobro do tempo do curso. Os juros podem chegar até 2,19% ao mês, dependendo da faculdade e do curso. Nos casos de alunos com atrasos no pagamento do financiamento ou com dívida na Instituição, os juros podem variar de 2,19% a 3,49% ao mês. 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola