Topo
pesquisar
Em 24/05/2012 16h41, atualizado em 24/05/2012 17h28

Inscrições para o Enem 2012 abrem em 28 de maio

Notícias

Critérios das correções das redações ficam mais rigorosos e pontuação para obter certificado do ensino médio aumentou. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

Em entrevista coletiva realizada na tarde de hoje, 24 de maio, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, divulgou as informações da edição de 2012 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições para o Enem 2012 abrem na próxima segunda-feira, dia 28 de maio, e encerram no dia 15 de junho. A taxa será de R$ 35 e poderá ser paga até o dia 20 de junho, mas há possibilidade de isenção.

As provas do Enem 2012 serão aplicadas nos dias 03 e 04 de novembro, um sábado e um domingo, datas que já haviam sido divulgadas no início do ano. Os gabaritos oficiais estão previstos para o dia 07 de novembro e o resultado do Enem 2012 será publicado no dia 28 de dezembro.

O edital do Enem 2012, com o cronograma de inscrições e regras, será publicado no Diário Oficial da União de amanhã, dia 25. Assim como faz a Fuvest em seu vestibular, em julho MEC irá publicar um guia com exemplos de redações bem avaliadas em edições anteriores do Enem.

Correção das redações

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Luiz Claudio Costa, também aproveitou a coletiva para anunciar mudanças nas correções das redações do Enem. A partir deste ano, dois corretores irão dar nota de 0 a 200 pontos em cinco competências, totalizando um máximo de 1.000 pontos. Caso haja discrepância de mais de 80 pontos nas notas dos dois corretores em uma competência, um terceiro corretor irá avaliar a redação. Esse corretor também poderá ser solicitado se a diferença da soma das notas das cinco competências for maior que 200 pontos.

Outra novidade é a possibilidade de acionar uma banca examinadora se o terceiro corretor não conseguir chegar a um consenso com os outros dois. Essa banca será presidida por um doutor e terá a função de dar a nota final, caso seja acionada. Até o Enem 2011, o terceiro corretor só era acionado caso a diferença entre as notas dos dois primeiros corretores fosse de 300 pontos ou mais.

O que você acha dessas mudanças? Comente aqui!

A questão das notas das redações vinha sendo tratada como prioridade na reformulação do Enem. No início desse mês, Aloizio Mercadante já havia afirmado que as correções das redações deveriam ser mais rigorosas e seguir critérios mais objetivos. A intenção do MEC com essas mudanças é diminuir o número de reclamações sobre as correções, algo frequente nos últimos exames.

O Enem 2012 será o primeiro que possibilitará o acesso às redações corrigidas, graças a um acordo firmado entre o MEC e o Ministério Público Federal do Distrito Federal. No entanto, os participantes do Enem ainda não poderão solicitar revisão das notas. A maioria das universidades também não aceita revisão de nota da redação dos vestibulares.

Certificação

Obter certificado de conclusão do ensino médio pelo Enem ficou mais difícil. A partir da edição deste ano, os interessados em conseguir o diploma precisam obter pelo menos 450 pontos em cada uma das quatro provas objetivas do Enem e no mínimo 500 na redação. No Enem 2011 a pontuação mínima era de 400 pontos nas provas objetivas.

Por Adriano Lesme

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola