Topo
pesquisar
Em 20/12/2013 07h55

Fraude no Enem 2013 é investigada pela Polícia Federal

Notícias

Gabaritos de vestibulares de medicina eram vendidos e quadrilha pode ter agido no exame. Por Dayse Luan
PUBLICIDADE

Ao investigar uma quadrilha acusada de envolvimento em fraudes de vestibulares de medicina, a Polícia Civil de Minas Gerais suspeitou que ela possa também ter fraudado as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013. Os criminosos agiram em Barbacena e os gabaritos tinham preços que variavam de R$ 70 mil a R$ 100 mil.

De acordo com as investigações, integrantes do grupo chamados de "pilotos" faziam a prova e deixavam rapidamente os locais dos exames, fornecendo o gabarito aos chefes da organização que, por sua vez, o repassavam aos candidatos, via mensagem de celular ou ponto eletrônico.

Quando foi constatada a possível fraude no Enem, o caso foi imediatamente repassado à Polícia Federal, que deve conduzir as investigações. Em nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem, informou que está acompanhando os desdobramentos da operação e que até o momento, de acordo com a polícia, não existe qualquer elemento que indique que qualquer candidato tenha sido beneficiado.

O órgão ainda reforça: "O Inep reforça que as investigações devem ocorrer com todo rigor necessário. Conforme prevê o edital do exame, os candidatos identificados, que tiverem utilizado aparelhos eletrônicos durante as provas, serão eliminados". O exame foi feito por mais de 5 milhões de candidatos.

Por Dayse Luan
Com informações da Agência Brasil

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola