Topo
pesquisar
Texto-A+A

Banco de Redações

fevereiro

Tema: O que não está dando certo no combate ao Aedes Aegypt?
PUBLICIDADE

Transmissor de várias doenças, como a Febre Zika, Dengue, Febre Amarela e Chikungunya, o mosquito-da-dengue, o famoso Aedes Aegypt, tem travado uma luta desigual com a população e, até agora, apenas ele tem vencido. O mosquito de hábitos diurnos e bastante adaptado ao ambiente urbano tem preocupado a todos, pois as epidemias não param e as consequências parecem ser cada vez piores, tais como os casos de microcefalia ligados à infecção pelo Zika em mulheres grávidas. Afinal, o que não está dando certo no combate ao Aedes Aegypt?

O tema do Banco de Redações do mês de fevereiro é este: O que não está dando certo no combate ao Aedes Aegypt? Para satisfazer a proposta de redação, você deverá construir um texto dissertativo-argumentativo respondendo ao questionamento da proposta, demonstrar domínio da norma culta da língua, mobilizar diversas áreas do conhecimento, ou seja, seu conhecimento de mundo para desenvolver o tema, respeitando a estrutura do texto dissertativo-argumentativo. Além disso, você deve levar em consideração os textos apresentados na coletânea e, de preferência, aprofundar a pesquisa sobre o assunto em outros meios, levantar os principais argumentos, dados e exemplos e realizar uma análise crítica, deixando claro seu posicionamento diante do tema na conclusão do texto.

Veja como fazer uma boa dissertação e conheça também as características deste gênero textual​.

ATENÇÃOo Banco de Redações mudou. Agora as redações serão corrigidas com base nos termos do ENEM, seguindo seu método de análise e pontuação, assim como suas regras. Atenção aos motivos que podem zerar sua redação:

1) Fuga total ao tema;
2) Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
3) Texto com até 7 linhas;
4) Impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto;
5) Desrespeito aos direitos humanos;
6) Redação em branco, mesmo com texto em rascunho.
7) Cópia do texto motivador

Cronograma para envio de redações:

1º período: 3 a 10
2º período: 11 a 18
3º período: 20 a 26

Evite enviar a redação pelo celular. A estrutura do texto pode ficar comprometida e o corretor ortográfico do celular pode trocar as palavras.

As correções estarão disponíveis a partir das 20h do dia 3 de março.

Enviou seu texto em janeiro de 2016? Acesse a correção neste link.

Não sabe como começar seu texto? Então confira algumas dicas aquiaqui e aqui.

Elabore sua redação considerando as ideias a seguir:

"Crescimento acelerado da população urbana, clima tropical – quente e chuvoso – e características reprodutivas do mosquito tornam o Aedes imbatível em nosso território. Mas essa derrota não é exclusividade nacional: a Europa é o único continente livre da dengue e até um país desenvolvido como a Austrália ainda padece com epidemias frequentes. Até que seja desenvolvida uma vacina, “controlar a população de mosquitos é mais eficaz do que tentar erradicar a doença, o que já aconteceu na década de 1970, quando pouco mais da metade de nossa população vivia em cidades e ainda não se falava em aquecimento global”, explica o infectologista Marcelo N. Burattini, da Unifesp, em São Paulo." [Mundo Estranho]

"Em três ocasiões, o mosquito chegou a ser erradicado no mundo: primeiro, entre 1946 e 1970, em uma campanha continental nas Américas, coordenada pelo Departamento Sanitário Pan-Americano, na qual 18 nações, entre elas o Brasil, foram beneficiadas. Em 1981, Cuba conseguiu conter o mosquito por meio de um esforço militar vertical e com extenso uso de pesticidas. O terceiro caso de sucesso foi o de Cingapura. No centro da estratégia asiática, estão três pilares: pesado investimento em controle; coleta e análise de informação estratégica; e punição ao desleixo." [BBC

"O mosquito Aedes aegypti é um adversário realmente mais temível do que se imaginava. Estamos enfrentando uma minúscula máquina de guerra biológica, de eficiência e flexibilidade infernais. Mas deveríamos nos concentrar no segundo ponto: nossos governos têm o vício de produzir planos, agendas, normas e leis em série, mas são péssimos em executá-los. “Uma crise da proporção do zika sintetiza a fragilidade e a ineficiência do Estado brasileiro”, diz o economista Gustavo Andrey Fernandes, do Departamento de Gestão Pública da Fudação Getulio Vargas (FGV) em São Paulo." [Época]


Redações corrigidas


Título Nota
[redação sem título] 500
[redação sem título] 800
[redação sem título] 650
[redação sem título] 550
[redação sem título] 650
[redação sem título] 250
[redação sem título] 350
[redação sem título] 850
[redação sem título] 550
“Aedes Aegypt, cada vez mais presente na sociedade” 250
A culpa é somente do mosquito? 350
A luta que parece inacabável 650
Aedes Aegypt é melhor prevenir do que remediar 300
Aedes aegypt : a batalha continua. 500
Aedes Aegypt. Nós Venceremos. 600
Aedes Aegypt: o mosquito imbatível 650
Aedes aegypti: erradicá-lo = investimento + conscientização.... 650
ajuda mútua 700
Aprimoramento no Combate ao Aedes Aegypti 750
Brincando de epidemia 600
Combate ao Aedes Aegypt 500
Combate ao Aedes Aegypt: Uma realidade fraca no brasil 650
Começa pela nação 600
Conscientização Transparente 550
Cuidado! 300
Da erradicação ao retorno: o que deu errado? 750
Desafio à Saúde Pública 750
Falta Atitude 500
Juntos somos mais fortes 600
Luta diária 550
O combate ao mosquito Aedes Aegypt 250
O combate contra o Aedes aegypti 750
O Governo e a sociedade precisam se responsabilizar 750
O inimigo está no seu quintal. 450
O país tropical contra a Dengue 750
O que deu errado 500
O resistente não é imbatível 650
Pequenas atitudes não tomadas, grandes danos 700
Pequeno grande inimigo 700
Por que estamos perdendo a guerra contra o Aedes Aegypti? 650
Precisamos combater o Aedes Aegypti 550
Queimado a Semete 500
Quem pe mais forte e mais inteligente? Um mosquito? Ou um homem? 300
Três, dois, um... ação 700
Um inimigo improvável 500
Um mosquito e mil problemas 750
Um mosquito, mil desafios 500
Uma luta a ser vencida 700
Velho inimigo, novos problemas! 750
Vilão da saúde brasileira 650

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola