gameofarcade.com seo statistics
Topo
pesquisar

Banco de Redações Título: Empatia

Banco de Redações

Tema: Os refugiados e a tentativa de buscar sobrevivência em outros países: imigração e xenofobia

Redação enviada em 22/07/2017 17:54

PUBLICIDADE

Por definição, refugiados são pessoas que escaparam de conflitos ou perseguições em seus países de origem. Tal definição já deveria causar empatia imediata no cidadão de qualquer país, mas a realidade não é essa. Frequentemente essas pessoas chegam nos países em busca de segurança e de uma vida digna e são tratadas com preconceito e repúdio pela população e, muitas vezes, também pelo estado. (Apresente a tese)

Primeiramente, devemos perceber que os refugiados fazem parte da história da humanidade, pois perseguições étnicas, raciais, religiosas, de gênero e guerras civis são infelizes rotinas no nosso mundo. Mesmo assim a xenofobia acontece e um medo generalizado parece acometer os países que recebem refugiados, medo de que eles roubem seus empregos, que acabem com a economia (Explique o porquê disso).

Em segunda análise, podemos averiguar, ao longo dos anos, o surgimento de diversas ações ao redor do mundo em prol de um bom tratamento aos refugiados. A Organização das Nações Unidas (Vírgula), já em 1951, desenvolveu o Estatuto dos Refugiados, definindo os direitos básicos que devem ser dados pelos países que recebem refugiados (Quais?). Além desse estatuto, novas normas vêm sendo incorporadas ao direito internacional para estender a proteção a esse grupo, sempre norteadas pelos Direitos Humanos e pelo Estatuto dos Refugiados.

Finalmente, podemos concluir (Redundância) que ainda há muito a fazer da questão de oferecer refúgio, o preconceito, a xenofobia e outros problemas sociais ainda dificultam a aceitação e a integração dos refugiados em seus novos países. Sabemos que desconstruções culturais desse cálibre levam tempo e esforço, mas o que falta mesmo é desenvolver empatia, a simples habilidade de se colocar no outro e sentir a sua dor (Tipo de construção clichê)(Apresente a proposta de intervenção)

Comentários do corretor


Reveja a estrutura do texto dissertativo-argumentativo (Introdução, desenvolvimento e conclusão). Continue exercitando a sua escrita.


Competências avaliadas


Competência Nota Motivo
Domínio da modalidade escrita formal 150 Nível 4 - Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita.
Compreender a proposta e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o texto dissertativo-argumentativo em prosa 100 Nível 3 - Desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão.
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações em defesa de um ponto de vista 100 Nível 3 - Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista.
Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação 100 Nível 3 - Articula as partes do texto, de forma mediana, com inadequações, e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.
Proposta de intervenção com respeito aos direitos humanos 50 Nível 2 - Elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema, ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto.
NOTA FINAL:     500


Veja abaixo a nota relacionada a cada nível
Nível 0 Nota 0
Nível 1 Nota 20
Nível 2 Nota 50
Nível 3 Nota 100
Nível 4 Nota 150
Nível 5 Nota 200


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola