Topo
pesquisar

Banco de Redações Título: Reforma do Ensino Médio - uma solução ou um problema para a questão da educação no país?

Banco de Redações

Tema: Reforma do Ensino Médio - uma solução ou um problema para a questão da educação no país?

Redação enviada em 19/03/2017 01:01

PUBLICIDADE

(1) No final do ano de 2016, no Brasil, tivemos uma nova proposta pelo governo: A a reformulação do Ensino médio. Diversos habitantes do país já ouviram falar, mas não sabem ter um posicionamento ou opinar sobre o assunto. 

A reforma do ensino médio, (Sem vírgula) reduz a duração de três anos para um ano e meio, aumenta a carga horária, e tem como ideia retirar algumas matérias como artes, educação física, filosofia e sociologia do currículo mínimo obrigatório, e deixar os alunos ou responsáveis escolherem o que o aluno irá estudar. O lado bom desta proposta é que o governo oferece ao aluno um curso técnico, mas, em contra partida, (3) o aluno que ainda não decidiu sobre qual profissão seguir, vai ficar perdido e corre o risco de tomar uma decisão equivocada 9equívocada) sobre seu futuro profissional. (2) (Argumetação limitada)

Existem vários colégios técnicos pelo Brasil e não é difícil entrar nem de encontrá-los, basta estudar para fazer uma prova e em caso de aprovação o indivíduo fará um técnico com qualidade na unidade em que desejar. Para aumentar a carga horária, devemos ter dinheiro, (Sem vírgula) para pagar as contas, alimentação dos alunos, aumentar o salário dos professores, e como sabemos, o país está em crise e não tem dinheiro para manter aquilo que tem, que dirá para botar em prática um projeto onde as chances de dar errado são imensas. (4)

Não é ideal retirar disciplinas como artes, que estimula a sensibilidade dos alunos e educação física que incentiva a prática de esportes. Vale lembrar que é necessário exercitar o corpo e a mente para termos um melhor desempenho. Mas, no caso de sociologia e filosofia é um caso a se pensar, pois essas são as matérias que "ensinam a pensar", e se são matérias que ensinam a pensar,a grade delas não deveriam ser feitas por pessoas ligadas ao governo, para não ter influência sobre o pensamento dos alunos sobre diversos assuntos.A grade delas, deveriam ensinar realmente a pensar e não repercutir um discurso que foi"imposto". (4)

Grandes potências como a Inglaterra, França e Coreia do Sul adquiriram este esse método de ensino e muitos dizem (Quem?): "se deu certo lá, vai dar certo aqui". Mas a primeira coisa a se pensar é que não deve haver comparações entre as nações, já que as realidades são completamente distintas (Exemplifique).Não podemos comparar países desenvolvidos com um país subdesenvolvido. Um jovem que passa o dia inteiro em um colégio, não pode sair diretamente da instituição de ensino para trabalhar, pois, não adianta ter conhecimento teórico quando não se tem o conhecimento prático do dia a dia e conhecimento sobre o mundo. O governo, para influenciar na opinião dos jovens, pagou para um canal no youtube, para falar bem da respectiva reforma. Para começar, foi uma atitude bem apelativa. É uma forma de fazer os jovens concordarem sem ao menos saber direito sobre o que o assunto se trata. Para haver reformulação do ensino médio, tem que ter haver um estudo a longo prazo, (Sem vírgula) sobre o interesse do governo em melhorar a educação e dinheiro para investir. "O ser humano é aquilo que a educação faz dele", disse Kant.

Comentários do corretor


(1) Não conhece a estrutura da introdução. Apresente fatos e formule a tese. 

(2) Problema na construção de sentindo. Recomendo que faça um projeto de texto para que suas ideias fiquem bem desenvolvidas. 

(3) Redundância. 

(4) Argumentação limitada ao senso comum. 

O texto apresenta muitas ideias, mas estão confusas. Além disso, não há uma proposta de intervenção clara. 

Continue exercitando a sua escrita. 


Competências avaliadas


Competência Nota Motivo
Domínio da modalidade escrita formal 50 Nível 2 - Demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.
Compreender a proposta e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o texto dissertativo-argumentativo em prosa 50 Nível 2 - Desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão.
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações em defesa de um ponto de vista 50 Nível 2 - Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores, em defesa de um ponto de vista.
Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação 50 Nível 2 - Articula as partes do texto, de forma insuficiente, com muitas inadequações e apresenta repertório limitado de recursos coesivos.
Proposta de intervenção com respeito aos direitos humanos 50 Nível 2 - Elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema, ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto.
NOTA FINAL:     250


Veja abaixo a nota relacionada a cada nível
Nível 0 Nota 0
Nível 1 Nota 20
Nível 2 Nota 50
Nível 3 Nota 100
Nível 4 Nota 150
Nível 5 Nota 200


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola