Topo
pesquisar
Em 04/12/2017 17h26, atualizado em 05/12/2017 13h43

Atualidades Vestibular e Enem - novembro de 2017

Atualidades

Vários assuntos dominaram os noticiários no Brasil e no mundo. Confira Por Silvia Tancredi
Nova lei trabalhista do Brasil entrou em vigor no dia 11 de novembro
Nova lei trabalhista do Brasil entrou em vigor no dia 11 de novembro
PUBLICIDADE

Além dos conteúdos tradicionais, os vestibulares e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) costumam cobrar nas provas temas da atualidade. O Brasil Escola preparou uma lista de alguns dos temas que foram destaque no mês de novembro. Confira:

Brasil

Enem 2017

O Enem foi realizado nos dias 5 e 12 de novembro em mais de 1,7 mil cidades brasileiras. Eram esperados mais de 6 milhões de candidatos, mas mais de 30% faltaram, gerando a maior abstenção desde 2009. O gabarito oficial do Enem 2017 foi liberado no dia 14 do mesmo mês. A previsão é que as notas dos participantes sejam divulgadas em 19 de janeiro de 2018. 

Atentado em Alexânia

Depois do atentado em uma escola que chocou a cidade de Goiânia em outubro, mais um crime abalou o estado de Goiás no mês de novembro. No dia 6, a estudante Raphaella Novinski, de 16 anos, foi morta com 11 tiros dentro de uma escola estadual localizada em Alexânia, no interior de estado e no Entorno do Distrito Federal. Misael Pereira Olair, de 19 anos, foi o autor dos disparos. 

Lei trabalhista

A nova lei trabalhista do Brasil entrou em vigor no dia 11 de novembro. A reforma altera mais de 100 pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o conjunto de normas que rege as relações de trabalho no país. A reforma atinge pontos como horário de almoço, férias, jornada de trabalho, feriados, banco de horas, entre outras. Entenda a nova lei trabalhista.

Queda nos nascimentos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que, pela primeira vez desde 2010, o número de nascimentos caiu no Brasil. Segundo esta reportagem, em 2016, foram registrados cerca de 2,79 milhões de nascimentos em todo o Brasil, o que representa uma queda de 5,1% em comparação com o ano anterior.

IBGE informou que houve queda nos nascimentos no Brasil

Um ano da tragédia Chape

No dia 29 de novembro, a queda do avião com o time de futebol Chapecoense as proximidades de Medellín, na Colômbia, completou um ano. Cerca de 2 mil moradores da cidade de Chapecó fizeram uma homenagem às vítimas do acidente

Mundo

1º ministro do Japão

Shinzo Abe, de 63 anos, foi reeleito, no dia 1º de novembro, primeiro-ministro do Japão. Liderada pelo Partido Liberal-Democrata, a coalizão de Abe obteve supermaioria de dois terços na Câmara Baixa do Parlamento, na eleição realizada em 22 de outubro. Veja mais detalhes.

Atentado em Texas

No domingo 5 de novembro, Devin Kelley matou 26 pessoas em um igreja batista em Sutherland Springs, no Texas (EUA). No dia seguinte, segundo a polícia, ele se suicidou após ser perseguido por moradores da cidade. 

100 anos da Revolução Bolchevique

O centenário da Revolução Bolchevique, que culminou no fim do regime czarista e deu início à formação da União Soviética, foi celebrado no dia 7 de novembro, na Rússia, por meio de marcha militar. Confira mais informações.

Tremor entre Iraque e Irã causou mais de 400 mortos

Tremor no Irã e Iraque

No domingo 12 de novembro, tremor na fronteira do Irã e do Iraque deixou mais de 400 mortos e milhares de feridos. O epicentro do terremoto de magnitude 7,3 foi registrado a 22,4 km de Derbendîxan, no Iraque. Saiba mais.

Zimbábue

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, de 93 anos, renunciou no dia 21 de novembro, após 37 anos no poder. Conforme esta reportagem, a saída de Mugabe foi imediatamente comemorada por um ensurdecedor concerto de buzinas na capital Harare.

Ataque no Egito

Um ataque a uma mesquita na península do Sinai, no dia 24 de novembro, no Egito, deixou 235 mortos e 125 feridos. De acordo com esta matéria, o atentado é considerado o mais mortal nos últimos anos na região em que as forças de segurança egípcias combatem grupos insurgentes, como o Estado Islâmico.

Morte de Manson

Charles Manson, líder da seita que assassinou a atriz Sharon Tate em 1969, morreu no domingo 19 de novembro aos 83 anos nos EUA. Ele tinha sido condenado à prisão perpétua e era conhecido com um dos criminosos conhecidos por convencer jovens seguidores a realizar assassinatos no final dos anos 1960. 

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola